Notícias

Obras de revitalização na Estação Central serão iniciadas em Julho

Postado por em em Notícias Circullare
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 1657
  • Imprimir

Obras de revitalização na Estação Central serão iniciadas em Julho

Projeto segue cronograma previsto e contempla melhorias em 4 etapas

 

As obras de revitalização da Estação Central de Linhas Urbanas deverão ser iniciadas em julho e seguem o cronograma normal segundo o gerente geral da Circullare, Armando Bertoni. “Realizar interferências como esta de revitalização de um prédio público como a Estação Central, local onde milhares de pessoas trafegam diariamente, necessita de projetos elétricos, hidráulicos e arquitetônicos para que as melhorias sejam implementadas buscando reduzir os impactos e incômodos à população, pois o serviço de transporte coletivo não pode ser paralisado. Assim, desde março estamos trabalhando em conjunto com a prefeitura e empresas especializadas resultando em um projeto com cronograma de obras em 4 etapas a ser iniciado em julho”.

Ainda segundo Bertoni, a nova Estação Central não terá apenas melhorias arquitetônicas com mais conforto, beleza e nova comunicação visual, mas, a preocupação é revitalizar o espaço proporcionando mais segurança à população. “A Estação Central é um local de convivência de milhares de pessoas e além de melhorias que objetivem maior conforto, comodidade e comunicação visual mais eficiente, deve contemplar também maior segurança à população. Por isto, asseguramos no projeto, uma sala que abrigará a Polícia Militar e outra que contará com a Guarda Municipal.  É um trabalho integrado entre a Circullare e a Prefeitura buscando proporcionar maior qualidade para quem utiliza o transporte coletivo na cidade”.  leia mais...

 Etapa das obras

Em uma primeira etapa, serão executadas as obras de construção dos novos sanitários (feminino/masculino), além de banheiros adaptados para portadores de deficiência de mobilidade (masculino e feminino) e ainda salas para a Polícia Militar e Guarda Municipal. Além destas, a ampliação das Salas e Guaritas de Informações e Vendas de Créditos.  Já na segunda etapa, obras de reforma dos banheiros atuais (masculino e feminino), seguida de projeto elétrico de iluminação embutida no piso + TI (monitores e afins), execução do novo piso das plataformas e demolição das floreiras.

Nova Comunicação visual

Na etapa final (4ª), será feita nova comunicação visual facilitando o processo de informações de linhas, itinerários e horários à população. Além de sinalização horizontal e vertical deverão ser colocados 6 monitores de televisão em locais estratégicos com informações digitalizadas ligadas ao GPS em relação a chegada e partida de ônibus facilitando a compreensão e orientando os usuários.

Abrigos/Pontos de embarque e desembarque

Com relação aos abrigos e pontos de embarque e desembarque, a preocupação da empresa é realizar melhorias constantes, porém, os atos constantes de vandalismo prejudicam a população.  “Estamos trabalhando junto a uma empresa terceirizada para a reforma de cerca de 300 abrigos em diversos locais da cidade, investindo mais de R$ 300 mil para isto. Um abrigo novo de blindex colocado custa aproximadamente 15 mil reais. Todo este investimento e trabalho visando o conforto da população é prejudicado constantemente por atos de vândalos que depredam e destroem estes locais e neste sentido solicitamos o apoio da população para a fiscalização e conservação destes espaços públicos”.

Ônibus extras

Os ônibus da Circullare rodam diariamente cerca de 23 mil quilômetros em um dia útil e a empresa possui um sistema logístico para suprir faltas de motoristas e cobradores e atender também a emergências. “Todos os dias 99 ônibus saem da garagem da empresa, limpos e higienizados, além da manutenção mecânica preventiva realizada diariamente. Dentre estes, 23 carros extras estão preparados para o reforço nas horas de pico e, além disso, 7 motoristas e 7 cobradores ficam de plantão para suprir faltas e possíveis emergências. É um sistema complexo que exige atenção e altos investimentos, tudo para que os usuários do transporte coletivo não sejam prejudicados e possam ser atendidos da melhor maneira, com conforto, rapidez e pontualidade”.  

Investimentos

 

Apesar do cenário de crise e de dificuldades econômicas, a empresa segue investindo nas melhorias do transporte coletivo assumindo financiamentos e empréstimos onerosos para atender as necessidades da população e preservar os empregos de seus colaboradores. “O transporte coletivo é um serviço essencial que precisa atender as necessidades da população, o desenvolvimento da cidade, assegurando o emprego dos colaboradores e isto exige investimentos constantes que a Circullare tem realizado, como a renovação constante da frota, o posto de abastecimento dentro das normas ambientais, o novo lavador automático com reutilização da água, o sistema ônibus online com a utilização de GPS e a própria Estação Central. Tudo isto precisa contemplar o equilíbrio econômico-financeiro-social do Sistema de Transporte Coletivo.  Vale lembrar que o aumento de nossos custos operacionais nos últimos dois anos, principalmente com mão de obra, foi de mais de 20% e o último reajuste tarifário em fevereiro deste ano foi de apenas 7,14%”, concluiu Bertoni. 

Avalie esta postagem: